Obesidade mórbida e o impacto sobre o envelhecimento ativo (2024)

Related Papers

Brazilian Journal of Health Review

Envelhecimento saudável prejudicado pela obesidade: uma revisão integrativa

2020 •

Carla Medeiros

View PDF

Relações entre massa magra e estilo de vida em idosos longevos

2019 •

Elias Ferreira Porto

Objetiva-se analisar a relacao entre a massa magra e o estilo de vida em idosos longevos. Como Metodos, estudo transversal, no qual foram avaliados 65 longevos, moradores do distrito de Capao Redondo da cidade de Sao Paulo (SP). Todos os participantes responderam ao questionario sociodemografico e ao instrumento Perfil do Estilo de Vida Individual, alem de terem realizado o exame de bioimpedância e o Teste de Caminhada. Como resultados, a media de idade foi de 78,8±4,4, e o indice de massa corporal medio, de 27,4±5,6. Dentre os entrevistados, 61,6% eram mulheres e a pontuacao media do Perfil do Estilo de Vida Individual foi de 32,12 pontos. Foi encontrada significante correlacao entre componentes de estilo de vida com o indice de massa magra. Concluiu-se que foi encontrada correlacao positiva entre componentes do estilo de vida e massa magra. A maioria dos longevos tinha excelente estilo de vida e composicao corporal saudavel, com significativo porcentual de massa magra.

View PDF

Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia

Envelhecimento, obesidade e consumo alimentar em idosos

2007 •

Marcia Valéria Leal

RESUMO Com o envelhecimento da população predominam as enfermidades crônicas e, nesse conjunto, destaca-se a obesidade, por sua prevalência sempre crescente nos diversos grupos etários, incluindo os idosos, e por suas complicações, quer de forma isolada ou associada a outros eventos mórbidos, como: hipertensão arterial, diabetes mellitus não-insulino dependente e doenças cardiovasculares, enfermidades com prevalências já elevadas entre pessoas idosas. A obesidade, considerada um problema de saúde pública, representa para o idoso um risco adi cional de importância considerável. Apesar dos múltiplos fatores que determinam o consumo alimentar, aspectos relacionados à adoção de dietas com elevado valor energético, ricas em gorduras de origem animal, açúcares, alimentos refinados e com reduzido teor de frutas, verduras e fibras, sugerem contribuição favorável à ocorrência da obesidade.

View PDF

RBSE Revista Brasileira de Sociologia da Emoção

O envelhecimento ativo e a "boa" morte

2019 •

Aline Ângela Victoria Ribeiro

Este trabalho,-fruto de minha pesquisa de mestrado,-objetiva discutir o envelhecimento e a morte, analisando também sua relação com os discursos atrelados ao "envelhecimento ativo". Tais discursos, hegemônicos, ao mesmo tempo em que trazem benefícios, revisam estereótipos e provêem sentidos positivos, também constroem normas e ditam regras de conduta. Constrói-se um retrato do envelhecimento, do adoecimento e da morte como questões que dependem fundamentalmente de nosso comportamento. Uma vez que esses enquadramentos atuam como mecanismos de exclusão, a "boa" morte é compreendida como a "recompensa" dos indivíduos que vivenciam uma "boa" velhice-ou seja, aqueles que adotaram as medidas necessárias para a manutenção de sua saúde e que continuaram sustentando sua autonomia e independência, além de se manterem ativas. Ao referencia teórico, costura-se a análise de narrativas de mulheres com mais de 50 anos, em que se nota a presença de sentidos que se entrecruzam ao medo da velhice inativa e da morte: o temor da fragilidade, do isolamento e da perda de autonomia. Assim,busca-se problematizar certos discursos hegemônicos e discutir essa normatização e moralização da velhice e da morte.

View PDF

Brazilian Journal of Health Review

Obesidade na atualidade: abordagem das principais consequências a longo prazo

KÁTIA FLÁVIA FLEURY ROSA DE SIQUEIRA

Introdução: A obesidade é uma doença de etiologia multifatorial, se apresentando como uma das mais prevalentes síndromes do mundo. Tal condição pode ser definida como excesso de gordura corporal, mensurada pelo IMC. A moléstia pode apresentar diversas repercussões negativas no bem-estar do indivíduo, como doenças metabólicas e cardiovasculares, além de prejuízos sociais e psicológicos. Objetivo: O presente estudo teve como objetivo realizar uma revisão narrativa acerca das principais consequências da obesidade a longo prazo. Método: Trata-se de uma revisão narrativa com buscas na Scielo, Pubmed e Lilacs, no período de 2012 a 2022, utilizando os termos chave: “obesidade”, “consequências”, “evolução médica”, “obesity” e “consequences”. Resultados: Foram selecionados 10 artigos no total, sendo 4 na Scielo, 4 no Pubmed e 2 na Lilacs, por corresponderem ao objetivo do trabalho. Discussão: A principal consequência da obesidade se apresenta nos distúrbios metabólicos, com destaque para a D...

View PDF

Higiene Alimentar

Incidência e Fatores Associados À Obesidade Sarcopênica Em Idosos: Uma Revisão

2021 •

Marcela Rodrigues

View PDF

Revista da Associação Médica Brasileira

Prevalência de obesidade em idosos longevos e sua associação com fatores de risco e morbidades cardiovasculares

2004 •

Carla Helena Augustin Schwanke

View PDF

Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia

Relações hipotéticas entre os determinantes sociais da saúde que influenciam na obesidade em idosos

2015 •

Margô Gomes de Oliveira Karnikowski

Os elevados índices de prevalência de obesidade em idosos suscitam a necessidade de compreender os fatores envolvidos nesta desordem nutricional, por meio de métodos quantitativos que permitam uma análise relacional desses determinantes. O objetivo deste estudo foi propor um modelo hipotético que estabeleça as relações entre os determinantes sociais da saúde associados à obesidade em idosos. Para a construção do modelo hipotético, foram delineadas as variáveis latentes e observadas de acordo com a análise de 45 artigos nacionais e internacionais e em concordância com o referencial da Modelagem de Equações Estruturais. Foi construído um diagrama representativo para evidenciar as correlações entre os 11 determinantes sociais da saúde relacionados à obesidade no idoso: atividade física, tabagismo, etilismo, consumo alimentar, contato social, ocupação, renda, escolaridade, idade, sexo e estado civil. Espera-se que as relações hipotéticas estabelecidas no estudo contribuam para a compree...

View PDF

Obesidade sarcopênica em idosas de uma universidade aberta à terceira idade

2019 •

Tatiane Melo de Oliveira

View PDF
Obesidade mórbida e o impacto sobre o envelhecimento ativo (2024)

References

Top Articles
Latest Posts
Article information

Author: Chrissy Homenick

Last Updated:

Views: 6184

Rating: 4.3 / 5 (54 voted)

Reviews: 85% of readers found this page helpful

Author information

Name: Chrissy Homenick

Birthday: 2001-10-22

Address: 611 Kuhn Oval, Feltonbury, NY 02783-3818

Phone: +96619177651654

Job: Mining Representative

Hobby: amateur radio, Sculling, Knife making, Gardening, Watching movies, Gunsmithing, Video gaming

Introduction: My name is Chrissy Homenick, I am a tender, funny, determined, tender, glorious, fancy, enthusiastic person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.